Livre Principais

Conselhos ao povo de 1918 para 2020

A 102 anos atrás o cenário não era muito diferente. O ano era 1918, o medo passeava na rua, a angústia dormia nos leitos e a morte fazia seu serviço com excelência! As notícias andavam a passos lentos, e nessa corrida o vilão saía em vantagem. 35 (trinta e cinco), um número normal, se não estivesse acompanhado por mais três algarismos a sua direita. 35 mil mortes, e somente em nosso País! Pobre Rodrigues Alves!

 

No mundo as vítimas passaram de 50 milhões, isso mesmo, MILHÕES! Famílias inteiras se foram, amigos, parentes próximos, o vírus mutante não teve laço afetivo com ninguém! Privilégio seria ter o fluxo de informações que temos hoje.

 

 

Talvez o cenário teria sido menos catastrófico. 102 anos depois o susto parece bater na porta novamente, Os Concelhos ao Povo seguem quase os mesmos, entretanto, a leva de informações, e precauções a serem tomadas chegam até nós com muita frequência, e nosso único esforço é de ser CONSCIENTE!

 

 

Não sairmos de casa sem precisão; Higienização das mãos frequentes; evitar aglomerações; Cuidar de si! Cuidar do próximo! Mas isso tudo não passa de um “exagero”. PELO MENOS É O QUE DIZEM…

Jônathas José de Faria Soares

Licenciatura em História e Sociologia

Comente esta matéria: