Coluna Diane Ruteski Principais

Coluna Diane Ruteski: O novo mercado de trabalho: você está preparado?

A pandemia que estamos vivendo acelerou grandes transformações no mercado de trabalho e na economia como um todo. As empresas buscaram novas formas de comunicação com seus clientes, alguns profissionais foram mais valorizados que outros e a busca por profissionais especializados tornou-se maior.

 

As empresas e também seus colaboradores tiveram que se adaptar. O home office, por exemplo, era um assunto muito discutido por especialistas nos últimos anos e repentinamente tornou-se uma, se não a única, opção para algumas empresas em época de isolamento, e ao que parece, essa tendência veio para ficar, sendo está também uma das saídas encontradas para não demitir funcionários e reduzir custos.

 

A sensação que temos é que tivemos um futuro “antecipado” em decorrência do Covid-19.

 

Neste sentido, já dizia Charles Darwin, “não é o mais forte que sobrevive e sim o que melhor se adapta”. Essa frase nunca foi tão verdadeira e aplicável ao momento que vivemos, a tendência é de que novos postos de trabalhos sejam criados e muitos outros estejam ameaçados de extinção.

 

Uma das grandes mudanças que podemos citar, foi o aumento das vendas por plataformas online, empresas que nunca tinham testado e utilizado essa modalidade precisaram se reinventar e se adaptar em tempo recorde.

 

Muitas pessoas estão esperando a vida “voltar ao normal”, mas arrisco-me a dizer que esse “normal” já não existe mais. Muitas das mudanças que aconteceram nesse momento de quarentena vieram para ficar. Para termos certeza é só observamos nossa rotina, nunca fomos tão digitais como agora, nunca instalamos tantos aplicativos em nossos celulares…

 

Desta forma, lembre-se que algumas habilidades podem garantir vantagem competitiva quando o mercado de trabalho estiver aquecido novamente, segue algumas delas:

  • Inteligência emocional: saber ouvir os outros e gerir suas emoções, pessoas com essa capacidade são altamente cobiçadas no mercado de trabalho;
  • Tecnologia: qualquer pessoa que saiba explorar essa área terá grande vantagem. Assuntos como: internet das coisas, big data, realidade virtual e robótica são assuntos em alta. Mas não se assuste, você pode começar por um curso de informática básica, lembre-se que a pandemia acelerou as transformações digitais e pelo menos o mínimo de conhecimento em informática será exigido para qualquer profissional, independente da carreira que ele seguir;
  • Liderança: profissionais que são capazes de motivar e inspirar pessoas são altamente desejadas no mercado de trabalho, lembre-se que ser um líder é diferente de ser um chefe;
  • Criatividade e Inovação: será essencial aos profissionais descobrir novas formas de trabalhar, estas habilidades nunca estivaram tão em alta como agora;
  • Pensamento crítico: a pós pandemia exigirá muito criticidade das pessoas, principalmente na tomada de decisões. Discernimento já é a palavra de ordem no momento, se pensarmos em quantas fake news vemos diariamente, isso nos mostra o quanto já estamos usando o pensamento crítico para separamos quais informações são relevantes e quais não.
  • Empatia: a arte de colocar-se no lugar dos outros será algo muito valorizado em profissionais.

 

Por fim, uma coisa é certa, após todas essas transformações que ocorrem na economia e consequentemente no mercado de trabalho, na hora de contratar certamente as atenções estarão voltadas para a forma com que a pessoa trabalha do que para o currículo de fato.

 

A dica é, busque conhecimento e inovação, desenvolva novas habilidades e aprenda uma nova profissão. Enfim esteja em constante movimento e lembre-se o mercado de trabalho não quer pessoas acomodadas, aliás o mercado jamais será como era antes!

 

Diane Ruteski é graduada em Administração de Empresas, especialista em Gestão da Excelência nos Negócios das Organizações, especializada em Tecnologias para Educação Profissional, pós-graduanda em Educação e Diversidade, pós-graduanda em Docência para Educação Profissional e graduanda em Pedagogia

Comente esta matéria: