Coluna Diane Ruteski Principais

Coluna Diane Ruteski: A importância do planejamento financeiro na vida pessoal.

O que você faria se ganhasse na loteria? Algumas pessoas responderiam que iriam abandonar o trabalho ou o chefe chato, outros diriam que iriam abrir seu próprio negócio, alguns que iriam viajar mais ou estudar fora, essas seriam algumas entre tantas outras possibilidades que as pessoas teriam.

 

Quem nunca pensou nessa possibilidade, não é? O fato é que estatisticamente a chance de isto acontecer é de aproximadamente uma em milhões, mas hoje vamos falar de uma outra forma que também pode lhe possibilitar a chegar lá: a concretizar seus sonhos através do planejamento financeiro.

 

O primeiro passo é saber qual seus objetivos de vida e o que tem valor para você? O segundo passo, é buscar o equilíbrio financeiro: colocar no papel quais são as suas receitas e quais são suas despesas fixas e variáveis mensais. A partir daí você conseguirá calcular quanto tempo levará para atingir seu objetivo principal.

 

Lembre-se que você terá em alguns momentos flexibilizar suas escolhas, mas não será preciso nenhuma atitude maluca como alguns especialistas recomendam, lembre-se de fazer uma listinha em separado com as atividades do seu dia e as coisas que tem valor para você, por exemplo, se comer um lanche no final do dia tem valor, não precisa eliminá-lo do seu planejamento, além do mais a tendência quando você torna seu planejamento muito radical é que o abandone no meio do caminho.

 

O planejamento financeiro exige antes de tudo, autoconhecimento, ou seja, é preciso saber exatamente o que quer da vida e consequentemente isso lhe obrigará a rever quais são suas prioridades a curto, médio e longo prazo.

 

Especialistas da área financeira recomendam que você comece poupando pelos menos 10% a sua renda mensal, e ao decorrer do tempo se planeje para aumentar para 20% e posteriormente para 30% o valor da sua economia mensal. Parece loucura? Mas pense o quão ruim é você estar diante de um imprevisto e não ter nenhuma reserva financeira para lhe salvar? Um simples exemplo: você mora de aluguel e subitamente perde o emprego, como pagar os próximos meses? Não seria útil você ter guardado o valor de pelo menos três meses de aluguel?

 

Esse momento de pandemia nos mostrou da forma mais dura o quanto é importante planejar as nossas vidas financeiras, afinal, todos estão sujeitos à imprevistos ao longo da vida, como a demissão do emprego, doença na família e sinistros indesejados, e sim eles podem acontecer!

 

Lembre-se que para transformar sonhos em realidade é necessário precificá-los, pergunte para si mesmo, quanto custa o seu sonho? A partir disso você terá quatro situações para verificar como fará seu planejamento financeiro: Aumentar sua receita?  Diminuir suas despesas? Diminuir o custo do seu objetivo? Ou aumentar o prazo para alcançá-lo?

 

Tenha em mente que foco e disciplina serão essenciais nessa busca pela liberdade financeira. E seu comprometimento fará toda a diferença também.

 

E você está no caminho certo da sua liberdade financeira? O caminho não é fácil, mas o resultado é compensador!

 

Diane Ruteski é graduada em Administração de Empresas, especialista em Gestão da Excelência nos Negócios das Organizações, especializada em Tecnologias para Educação Profissional, pós-graduanda em Educação e Diversidade, pós-graduanda em Docência para Educação Profissional e graduanda em Pedagogia.

Comente esta matéria: